As principais ferramentas de primeiro contato com o cliente

Não deveria ser difícil abordar quem já está interessado em comprar um imóvel, mas em tempos virtuais onde a privacidade fica um pouco ambígua, temos que considerar o que é aceitável em cada forma de contato, e como fazê-lo da forma mais eficiente, para fechar o negócio. Listamos aqui as principais e já conhecidas formas de contato, com dicas e toques do que fazer e não fazer.

Aplicativos

O Whatsapp dominou a vida do corretor, que usa o aplicativo para conectar-se com clientes, com a família e com possíveis parceiros, gerando um número muito grande de mensagens para uma pessoa só. O Homer se propõe a resolver a questão dos grupos de parceria, com o nosso aplicativo próprio para a formação dessas de um jeito muito mais fácil e otimizado, vale a pena nos conhecer!

Para clientes, o Whatsapp continua sendo uma das melhores formas mais fáceis, pois a maioria dos brasileiros o utiliza. Porém, por ser uma ferramenta de uso pessoal, deve-se tomar cuidado para não ser invasivo. É necessário ter autorização prévia da pessoa para contatá-la via o aplicativo (autorização informal, comente que irá mandar uma mensagem) pois senão pode ser visto como pouco profissional, ou ainda como SPAM.

Outro problema do Whatsapp é que ele acaba permitindo e gerando contatos fora do horário comercial, tanto por parte do cliente quanto do corretor. É um aplicativo informal onde se espera respostas imediatas, resultando nisso.

E-mail Marketing

Já o e-mail não apresenta esse problema. É talvez ainda a melhor ferramenta para o corretor. Apesar do Whatsapp ser um bom veículo que tem facilitado a vida corrida dos corretores, o e-mail passa mais seriedade e credibilidade e tem a grande vantagem de ser mais organizado.

As mensagens não ficam soltas e normalmente as pessoas levam mais tempo para construírem suas respostas, o que evita a comunicação leviana que não vai a lugar algum. É uma ferramenta mais profissional. E ainda tem a vantagem de que tudo fica documentado por escrito.

Logo, é uma excelente plataforma pra você manter o contato com os seus clientes, mas para se apresentar a eles através de um e-mail é necessário se atentar a alguns pontos: a objetividade do seu texto, tenha um assunto centrado, a educação (forma de tratamento), a questão da boa escrita e principalmente a questão do SPAM.

Encontros físicos

O tradicional encontro cara a cara ainda é um dos modos mais efetivos. Seja de primeira levando o corretor até um imóvel ou estabelecendo uma visita ao escritório antes, a presença ao vivo, com uma boa postura e simpatia. O importante é o encontro ser agradável e o corretor passar confiança e profissionalismo– isso visto ao vivo é muito mais potente que qualquer ferramenta virtual, quando se trata de clientes. Falamos já aqui no blog sobre o uso da empatia na venda de imóveis, com dicas que são muito úteis para esse primeiro momento.

Deixe uma resposta