3 lições do Vale do Silício que podem ajudar na sua carreira

O Vale do Silício é o maior polo tecnológico atual e um dos maiores movimentadores de dinheiro do mundo. É localizada na Califórnia, EUA, e toda grande empresa procura estabelecer uma sede lá, para estar a par de todo tipo de desenvolvimento: tanto tecnológico, quanto de lógica de empresa. É por isso que separamos 3 das principais características que fazem essas companhias serem tão prósperas; aproveite e se inspire, são atitudes aplicáveis tanto nas menores imobiliárias quanto para os autônomos.

  1. A Cultura

Cada empresa do Vale do Silício tem o que eles chamam de “cultura da empresa”, os valores da empresa que são definidos, instituídos e seguidos desde a sua fundação. É o que guia o ambiente a ser agradável e mantém um constante aumento na produtividade.

O Google é uma das maiores empresas do vale e é o maior exemplo de cultura de empresa. Lá eles valorizam a transparência e confiança entre os diretores e o restante do time: fazem reuniões semanais onde todos estão presentes, inclusive os fundadores da empresa. Nessa reunião eles dividem os planos para o futuro da empresa, para que todos saibam e sejam responsáveis pelo crescimento dela.

Resultado de imagem para google silicon valley
Sede da Google no Vale do Silício

No fim da reunião eles abrem para perguntas e deixam os funcionários livres para discordar e opinar do que foi falado.

Outro exemplo de cultura de empresa: A Netflix tem como um de seus pilares o recrutamento de talentos. O foco da empresa são as pessoas e eles investem nelas. A ideia é criar um ambiente em que elas possam se desenvolver ali, ao invés de repetir os mesmos processos, e assim a empresa vai ter um profissional criativo capaz de inovar a própria empresa.

Resultado de imagem para netflix silicon valley
Sede da Netflix no Vale do Silício

Em um ambiente como o Vale, é muito fácil ser sugado por um pensamento focado em tecnologia e esquecer das relações humanas.

  1. Inovação é necessário para o crescimento

Inovação é a palavra chave do Vale do Silício. O ambiente é dominado por startups desenvolvedoras de tecnologias e aplicativos que visam facilitar a vida. E é por estarem sempre pensando no futuro e em como otimizá-lo que nunca ficam para trás: estão sempre a par e a frente do mercado, seja qual ele for, por estarem sempre incorporando novas tecnologias.

Companhias como a Walmart e Ford investem sempre em testar novas tecnologias e portanto se mantem sempre a frente. Empresas que não incorporam novas tecnologias devem se preocupar.

  1. Parcerias são fundamentais

O vale está cheio de histórias de parcerias poderosas que possibilitaram inovações incríveis, gerando bilhões.

Podemos citar por exemplo o caso de Steve Jobs e Steve Wozniak. Esse segundo nome pode não ser tão familiar quanto o primeiro, mas foi essencial para a fundação da Apple. Jobs tinha a cabeça inovadora, mas foi junto a cabeça de engenheiro de Wozniak que ambos mudaram o mercado da tecnologia. Jobs era o vendedor e sonhador, Wozniak sabia como concretizar esses sonhos.

Resultado de imagem para steve jobs wozniak
Steve Wozniak e Steve Jobs nos anos 70

São raros os casos das companhias que tiveram êxito percorrendo um caminho solitário. É importante reconhecer as oportunidades que podem aparecer quando você soma forças.

O Homer é um resultado dessa vontade de inovação e de reconhecimento da importância das parcerias, por isso resolvemos facilitá-la para corretores de imóveis. Não conhece a nossa ferramenta? Clique aqui.